segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Desejos

 

Autora:-  Regina  Bertoccelli
 
Passa por aqui um minuto,ou meia hora,talvez um dia...
E deixe em meu rosto um beijo
O roçar das pontas de seus dedos em meu corpo
E nos meus olhos um pouco da luz dos seus
Quem sabe um abraço...
Palavras sussurradas em meus ouvidos
O respirar apressado no meu pescoço
Um beijo mais demorado...
A pressão de seu peito contra meus seios
Também um pouco de prazer...queria tanto...
Nossos corpos se movendo
Lentamente ao princípio
Meu corpo todo sendo envolvido por seus  abraços
E quando partir ao final do dia,ou da noite,deixe comigo a certeza do retorno
Importa é que você volte
E na volta traga seu sorriso
Os lábios entreabertos para o beijo
O corpo transbordando de desejos
Sedento por prazer...
 
 

Desculpa



 
Autora:- Neusa C.Novaes

Sei que embora nosso amor seja muito grande,
Eu magoei você demais.
Sei que o que fiz é difícil perdoar.
Mas, pense em tudo que vivemos.
Nos momentos em que nos olhamos sem nada precisarmos dizer.
Nos abraços envolventes que nos faziam esquecer o mundo.
Nos beijos eloqüentes que aqueciam nossos corpos e os deixavam ferver de tanta paixão.
Lembre-se e perdoe-me se fiz você sofrer.
Volte para mim,
vamos esquecer tudo o que nos machucou.
Vivamos somente o presente,
você e eu,
nós dois juntinhos.
Me dá essa chance, quero que saibas que tudo será diferente.
Te amo demais...
Desculpa amor,
Quero você para mim.

pena

PENHA



 PENSO EM TI, CONSTANTEMENTE
 ESQUECER-TE
 NÃO POSSO, JAMAIS.
 HAJA O QUE HOUVER
 AMAR- TE- HEI  SEMPRE.
                        PARTE DE MINHA VIDA,
                        EU TE AMO MUITO.
                        NÃO VIVO SEM TI.
                        HAJA O QUE HOUVER
                        AMAR -TE- HEI  SEMPRE.

  PEÇO-TE, QUERIDA,
  E IMPLORO-TE
  NÃO ME DEIXES DE  AMAR QUE EU
  HAJA O QUE HOUVER
  AMAR-TE -HEI SEMPRE.
 
                      PORTANTO, MEU GRANDE AMOR
                      EU SEMPRE HEI DE TE AMAR,
                      NUNCA, JAMAIS  DEIXAREI 
                      DE  TE  QUERER.
                      HAJA O QUE HOUVER
                      AMAR -TE- HEI SEMPRE.

Por ti

Autor:- Vladimir
Por ti vivo nessa solidão
 
que por vezes me anula os dias e noites.

Clausulo de amar,
até que és minha breve razão de existência.

Ignorar meu amor...

triste o que dizer?

Pois a lembrança de tua pele ainda que tatuada
sobre a minha,
sobrevive à morte,
viver portanto sem ti...

São dores mortificadas, lágrimas secas,
gritos ao vento...

Viver por sem a tua carne...

É um caminho sem volta....

DE NOVO

Autor:- Manuel Pereira Bento

De novo respirei,
De novo vivi,
De novo a praia foi sacudida pelas ondas.
Olhei-te na praia deserta,
Os pensamentos cruzaram-se,
Do outro lado estavas tu
Sempre eterna e linda
Ouvindo a doce melodia que escolhestes para nós!
Como é bela... como tu, simples e suave
Suave e carinhosa como a flor que se ama!
O mar nos separa e as ondas me trazem a tua voz
Aquelas ondas que me falam de ti...
Em cada dia...
Em cada segundo...
Só as gaivotas nos vêem olhando,
Um horizonte eterno...
Aquele que o Amor reservou para nós!

Ai, coração....

Autor:-Desconhecido
Ai, coração.....
 
E agora, o que faço?
Você bate tão de mansinho, quase não o ouço....
Tão baixinho, tão escondido, não te sinto....
Estou de volta a minha solidão
Ela sorri e me abraça.
É tão frio seu abraço, tão vazio
E tão cheio de nada....
Chove, coração...
Esta ouvindo?
Até parece que a natureza adivinha...
Ela é sabia, pois traduz
O que estou sentindo,
Pois as lágrimas que verti por dentro,
Estão lá fora, inundando o mundo.
De repente, quem sabe,
A chuva que agora ouço,
Pode servir de cobertor
Aos solitários,
Aos sem ninguém
E que, por terem a solidão como companheira
E não terem ninguém com quem compartilhar-se
Sentem mais que muita gente
Sentem mais profundamente.
E agora, coração?
Quem vai ouvir o meu grito?
E entender o meu pranto?
Não existe mais o acalanto,
Não existe mais o aconchego
Não existe mais o ombro amigo.
E agora, coração?
O que faço?
Sou forte,
Mas também,
     Sou criança.   

loura


Autor:- Mario Barreto França
 
Qual a mais bela das mulheres?
Esta de sorriso que encanta e olhar que mata?
Esta morena que se alegra em festa?
Ou esta loura que o luar retrata?
 
Qual a mais bela? Aquela que se acata?
Por ser fidalga, por ser culta e honesta?
Ou aquela outra rica e que dá prata.
Faz o seu Deus a quem um culto presta?

 
E esta de olhos azuis? E esta, elegante?
Diz, e, qual a mais bela e fascinante?
Pois vencerá o voto que tu deres!

 
E eu respondo:
" A mais bela é a que me inflama! "
Doce querida és tu, pois a quem se ama,
É a mais linda de todas as mulheres!

Ausência

Ausência
Autora:-Iracema Zanetti
No silêncio da noite...
pela vidraça do  quarto...
vejo sempre a mesma
estrela brilhando
 no espaço!
 
Será que ela me
 vê chorando...
será que pensa ser
de dor o meu pranto...
ou até entende que
 é de saudade...
as lágrimas que derramo?
Saudade é dor
da ausência...
da ausência física...
da ausência química
que nos
envolve e alucina!
 
Ausência do calor
dos nossos corpos
se enlaçando...
ausência do
 olhar que pede...
e...promete...
só olhando!
 
Ausência da
 esperança...
da ternura...
do riso...
da alegria!
 
Ausência da paz...
que nos faz de
 bem com a vida...
com o mundo...
com o amor!
 
Ausência de palavras
 jogadas fora...
ou lembradas
 para sempre!
 Saudade é dor
 de ausência...
que só
 acalma e passa...
com o poder
da tua presença!
 

Amor de beija flor.

Autor Desconhecido


Quando fugir da prisão
que envolve o teu coração,
procure um Beija Flor
e confesse o seu amor
e faça pro passarinho,
uma prece de saudade.

Pois quem sabe longe do ninho,
aches a felicidade,
mas se ele nem te ligar,
se continuar a voar,
não perca a esperança.
Continue a procurar,
pois quem sabe o passarinho,
fugiu para não chorar.
Fugiu para ter sossego,
pois ele também pode amar
Continue a procurar,
pois quem sabe o passarinho,
fugiu para não chorar.

Fugiu para ter sossego,
pois ele também pode amar. 

A noite

 
        Autora:-Neusa C.Novaes
A noite em meu quarto
cheio de dengos e desejos
vejo você, até em pensamento.
O amor invade pelo meu corpo
deixando um desejo louco
me enlouquecer.
 
Procuro disfarçar, o fogo que queima
 porque você não esta;
 
Faz-me pensar cada vez mais em você;
minha mão percorrendo pelo meu corpo
sinto o prazer no toque.

Procuro quem sabe encontrar 
a sua caricia.
Mas você não está.
 
Então penso quem sabe amanhã?
Devagar disfarço meu pensamento  
retiro a mão que me acaricia,  
encosto-me em seu travesseiro para 
sentir seu perfume e durmo 
pensando em você,
"Meu Amor".

Como esquecer voce



Como esquecer voce?



Autor:Desconhecido

Se a cada tristeza
lembro-me do teu sorriso?

Se a cada solidão
sinto a tua presença?

Se a cada lágrima
lembro-me do seu silêncio?

Se a cada palavra
 lembro-me de você?

Você está a cada ausência.

Você está a cada gesto.

Em cada amanhecer da vida.

No silêncio do
 meu pensamento.

Lembro-me que
 foi bom te conhecer.

E sentir que
 sou o bastante...

Para te encontrar
 em cada alvorecer.

Te gosto com
 qualidades e defeitos.

Quero somente que
você me aceite apenas como sou.

Pense em alguém
no silêncio da noite.

Alguém que não precisa nem
do silêncio da noite
 para pensar em você.

Algum dia serei
 algo que passou na sua vida.

Mas, para mim você sempre
 será alguém que
 lembrarei com muito amor...

Te amo e sempre hei de amar.

Sou aquela pessoa que passa ...


Reflexão ...


O amor...


Amo como ama o amor ...


Um verdadeiro amor ...


Te amo...


Senhor !


E perder um amor ...


feliz comigo


Não… Eu não estou querendo viver uma paixão arrebatadora
Paixões assim são as que proporcionam os mais altos sonhos
E também as maiores quedas…
Mas, acredite, eu sou capaz de me apaixonar todos os dias!
E também não estou interessado em encontrar quem me ame de verdade
Já encontrei estas pessoas há muito tempo
E aquelas que não estão ao meu lado
Eu carrego comigo, em meu peito.
Ah, eu também não estou querendo viver um grande amor
Eu vivi todos os amores que a vida me trouxe
E foram lindos
Foram maravilhosos
E ainda são grandes amores, e vivem comigo, mesmo que já se tenham passado
Também não estou procurando alguém para toda a vida
Nem procuro alguém para um pouquinho apenas
Não estou procurando absolutamente nada
Neste momento, apenas retraio-me comigo,
E estou descobrindo o prazer e a felicidade enorme que é
Amar mais e melhor a mim mesmo.

Ao meu coração


“hoje tentei falar ao 
meu coração, ele, porem
se manteve surdo e mudo
às minhas indagações.
Se ele soubesse dos meus
anseios e desejos teria 
saltado do meu peito, eu o
teria amparado entre as
minhas mãos e aceitado
suas desculpas”.

A voce


Sem você não sou ninguém.
Não sou nada.
Nada mais que uma simples canção de amor, de dor.
Sem você os dias passam diferente, nem rápido ou lento. Apenas passam!
Com você eu poderia chorar querendo sorrir,
Eu quis sair sem ao menos decidir para onde ir.
Tentei lutar, mas desistir parecia normal.
Procurei morrer, mas viver parecia necessário.
Com você fui ao céu e sofri, fui ao inferno e sorri.
Tive que resistir, porque foi por você que vivi.
Vivi para retribuir todo o carinho que recebi.
O amor em ensinar, em cuidar, em encorajar.
Hoje não me importa mais o porque ou de querer entender,
Que quando se ama, até errar parece certo.
Por isso, hoje quero apenas aceitar e não julgar.
Vou apenas entender que para se viver essa vida, aqui e agora,
Foi preciso acontecer.

A arte de se amar

Já quis encontrar em outro alguém a minha razão de ser,
Busquei em outras pessoas a minha própria felicidade,
Amei tanto, fervorosamente, que cheguei a esquecer de mim.

Dividi meus dias, meus sonhos e até minhas fraquezas,
Quis amar mais do que o maior dos amores que já vivi,
Galguei caminhos intermináveis, muitas vezes sem volta.

Amei tanto que acreditei que não precisava de mais nada para sobreviver,
Acabei esquecendo de aproveitar o que de fato faz sentido,
Perdi o medo de sentir e acabei confundindo o que é viver.

Achei que seria insubstituível, que meu complemento não teria fim,
Encarei a perda como um fracasso, uma falta de ser,
Mas se eu tivesse entendido, muito além do que pudesse ter sentido,
Que amar só pode ser puro, intenso e sincero se antes de tudo
Não houver outra razão de ser, além do seu próprio existir.

Amar a si mesmo deve vir de dentro, do pulsar, do despertar,
Tem que ser o encontro da coragem para se conhecer,
Da aceitação de cada defeito, cada detalhe,
Da pureza da fé, da crença que o fará realizar.

Se amar, é uma arte de receita simples,
Basta pensar que és um ser único
E o bem mais precioso que existe,
Que ninguém poderá fazer mal.

Ao se amar por inteiro é preciso a vontande e a ousadia,
Para enfrentar qualquer angústia, qualquer dúvida.
Porque amar a si mesmo é ter a capacidade de ser e fazer alguém feliz
É ser livre para escolher e viver o melhor que a vida pode oferecer,
Sem medo de errar...
Sem medo de amar!

Poema do Adeus


Por que você insiste nessas coisas de ser só,
Enquanto meu amor, meu sentimento puro e sincero se vai?
Por que você não volta, por que você insiste em partir?
Não vê que se chegamos até aqui é por amor?

E o amor, parece que não sabe bem que ele cura, cuida e faz bem.
Será talvez essa mais uma ilusão?
Mais uma entrega errada a um desmerecido qualquer?
Então essa mágoa não deveria continuar em mim...

Te confiei todos os meus planos,
Passei a sonhar coisas que nunca sonhei,
Te fiz o melhor dos meus encantos e desejei amar e sempre amar.
Fechei-me para os problemas do mundo, e eu só queria ter você.

E ao invés de ações me deu promessas,
Me usou para ficar bem e partiu.
E aquele amor que tanto me inspirou, era uma farsa?
Aquele sorriso de prazer era mentira?

Meu coração ardeu, 
E agora meu peito machuca quando respiro.
Talvez porque só você seja capaz de sarar tudo isso.
Se me ama tanto, posso sentir, por que me faz chorar?

Não seja tão egoista...
Você acabou de machucar a pessoa que entregou a você um coração.
E esqueceu de levar o sorriso, o gosto, o cheiro que ficou em mim.
Deixou para trás tudo o que me faz lembrar você.

Odeio quando alguém oferece o mundo e depois o tira.
Mas vai passar tão rápido como todos os outros desamores,
E ficará apenas a certeza que tentei fazer você feliz,
E a tristeza de quem nunca gostaria de dizer adeus.